Giorgio Viola 

Click here to edit subtitle

Melhores linguagens de programação para games

O universo dos games está completamente relacionado à área da tecnologia e inovação. Para quem deseja se aventurar na criação de games ou seguir essa carreira, é preciso estar ciente sobre as melhores linguagens de programação. De fato, a programação é o alicerce utilizado para o desenvolvimento de qualquer tipo de programa de computador, smartphone ou videogame.


Considerando as principais linguagens de programação utilizadas para games, em primeiro lugar, destaca-se a linguagem C, mundialmente conhecida pelos programadores do mercado de jogos. A programação em C é considerada uma linguagem versátil e prática, sendo ideal para a criação de softwares de base, como os sistemas operacionais. Além disso, a partir dela podem ser criadas novas linguagens, como a C++ e C#.


Atualmente, a programação em C++ tem sido a mais utilizada no universo dos games. Além de ser originada a partir da linguagem C, bastante compreendida pelos programadores, afirma-se que o diferencial da C++ consiste em seu alto desempenho, na versatilidade e na praticidade concedida ao programador, o que a torna adaptável a diferentes funcionalidades.


Por outro lado, a linguagem Phyton tem se destacado nos últimos anos como uma alternativa promissora à criação de games. Além de ser bastante usual e simples, a programação em Phyton permite trabalhar de forma eficiente e rápida, além de possibilitar a integração de sistemas. O Phyton é livre e de código aberto, e pode ser recomendado tanto para os criadores de games que estão iniciando na programação quanto para a criação de objetos de alto nível e resolução de tarefas críticas à programação. Por tal razão, ele é amplamente utilizado por grandes corporações de tecnologia, como Google, Youtube, Nintendo e Sony.


As linguagens Java e Javascript também têm sido evidenciadas como estratégias de programação de games práticas e robustas. A Java é amplamente difundida entre os criadores de suportes mobile. Os desenvolvedores de games para celular preferem utilizá-la pelo fato dela possibilitar a criação de aplicações funcionais e simples ao mesmo tempo. Por outro lado, a Javascript é mais utilizada para o desenvolvimento de páginas web e na criação de jogos mais simples, que podem ser acessados por meio dos navegadores. No entanto, em 2016, a Nintendo confirmou que a linguagem Javascript estava sendo atacada por hackers. Após a invasão, os hackers instalavam vírus e malwares na máquina dos usuários e, por esse motivo, a desenvolvedora de jogos desabilitou o uso da linguagem por determinado tempo por razões de segurança e privacidade.


Vale ressaltar que, no cenário da programação para games, existe certa disputa de opiniões entre a Java e a linguagem C++. Alguns programadores indicam que o diferencial da Java consiste na praticidade de codificação, porém outros sugerem que a programação em C++ é mais comumente utilizada e atende grande parte do mercado de desenvolvimento de jogos. De fato, ela possibilita o uso de plataformas mais robustas, recursos gráficos mais elaborados e permite maior liberdade ao programador, pois pode ser usada em diferentes contextos.